O que é o exame PETScan ou PET

Seu médico pediu que você fizesse um exame, mas não explicou do que se trata nem como ele é. O pior: o nome não está entre os mais comuns e você nunca tinha ouvido falar. Provavelmente esse é o caso de quem lê PETScan ou PET/CT no pedido. Ele não é tão conhecido justamente por ser de alta complexidade e indicado para casos muito específicos. Mas conheça:

O que significa PETScan ou PET/CT?

É um exame de diagnóstico por imagem que une medicina nuclear com radiologia, porque sobrepõe as imagens metabólicas captadas na radiologia e as anatômicas da radiologia. Ele se parece com uma tomografia computadorizada, mas o traçador (semelhante ao contraste) é radioativo, o que permite a avaliação mais detalhada da atividade metabólica das lesões. Em inglês, PET é a sigla para Positron Emission Tomography, o que em português pode ser traduzido como Tomografia por Emissão de Pósitrons (partículas radioativas).

Por que o médico indica o exame PETScan ou PET/CT?

Esse exame é utilizado geralmente em três áreas da medicina: oncologia, cardiologia e neurologia. Conheça o uso em cada uma:

  • Cardiologia

    O PETScan é muito utilizado para analisar a viabilidade miocárdica, se o fluxo de sangue está chegando normalmente ao coração e se um possível infarto lesionou o músculo.

  • Neurologia

    O exame auxilia no diagnóstico de doenças como Alzheimer e Epilepsia, além de outras possíveis lesões que afetem a memória.

  • Oncologia

    Essa é a principal área em que o PETScan é utilizado, então, cabem mais explicações, que seguem abaixo.

 

O PETScan ou PET/CT no diagnóstico e tratamento do câncer

Esse exame é considerado um dos mais completos para identificar tumores ou observar, durante o tratamento, se eles avançaram ou diminuíram. Com ele, é possível monitorar o nível de glicose nas células. Isso porque, para a reprodução celular, o corpo precisa do açúcar como fonte de energia. Logo, onde há o acúmulo de glicose, há o sinal de que as células estão se acumulando e se reproduzindo. E essa observação pode dar um diagnóstico bem mais precoce que as outras metodologias.

O PETScan é tão reconhecido como exame essencial que, desde 2013, a Agência Nacional de Saúde (ANS) obriga a inclusão dele na cobertura de procedimentos dos planos de saúde. Na norma estabelecida pela agência, há a indicação de oito tipos de câncer cujo diagnóstico pode – e deve – ser feito por esse método.

São eles:

Leia também:

IMUNOTERAPIA: o maior avanço do ano contra o câncer

Como o exame PETScan ou PET/CT é feito?

Primeiro é preciso saber que o paciente deve separar um turno inteiro para realizar o exame, pois o procedimento todo, incluindo a preparação, pode durar de 2 a 5 horas.

O processo inteiro pode ser dividido em quatro momentos.

1 – Preparação anterior

O paciente não precisa ter feito uma dieta especial no dia, mas é recomendado que não tenha comido doces, pães e massas em grandes quantidades.

Até a hora do exame deve estar em jejum de no mínimo quatro horas.

É bom evitar fumar, fazer exercícios físicos e ter relações sexuais no dia anterior.

2 – Preparação na clínica

Os auxiliares observam se o paciente tem algum acessório ou detalhe de metal na roupa, o que deve ser retirado.

A glicemia (taxa de açúcar no sangue) é medida.

3 – Injeção e repouso

É administrado na veia do paciente o traçador, substância que faz o contraste nas imagens e possui material radioativo (mas que não provoca reações adversas).

É preciso aguardar de 1 hora a 1 hora e 30 minutos até que o traçador se espalhe pela corrente sanguínea. Para isso, é preciso que o paciente se mantenha em repouso e bem aquecido.

4 – Registro das imagens

O paciente deve ficar deitado na maca de barriga para cima – o aparelho é parecido com o de ressonância.

O registro das imagens dura entre 15 e 25 minutos, mas o médico só encerra o procedimento depois de se certificar de que o procedimento foi tecnicamente correto.

Agora que você já entendeu o que é, como é feito e para que é indicado o PETScan ou PET/CT, marque o exame com o IMEB. Nós vamos te receber com todo o carinho e a atenção que você merece. E não se esqueça: qualquer dúvida sobre seu tratamento, fale com um de nossos médicos ou com o que está acompanhando o seu caso.

 

 
 
 
Área Restrita: ADMIN | EMAIL | INOVA | PESQUISAS | ADMIN PESQUISAS | EPA