Alimentação correta ajuda na prevenção do câncer

 

Lembrado no dia 08 de abril, o Dia Mundial da Luta contra o Câncer chama a atenção para a discussão sobre a doença e como preveni-la

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer – José Alencar Gomes da Silva (INCA), estima-se, para o Brasil, neste ano, a ocorrência de 600 mil novos casos de câncer. Segundo o INCA, a alimentação e a nutrição inadequadas são classificadas como a segunda causa de câncer que pode ser prevenida. Sendo que em países em desenvolvimento representam 20% dos casos e 35% das mortes.

Celebrado no dia 08 de abril, o Dia Mundial da Luta contra o Câncer abre a discussão acerca da doença, seus riscos e como prevenir. Segundo Lucas Penchel, médico nutrólogo e diretor da Clínica Penchel, apesar de seu surgimento, na maioria das vezes, estar relacionado a uma série de fatores, como genética, hábitos não saudáveis e condições externas, a alimentação ainda possui um papel de extrema importância tanto na proteção quanto na causa do câncer; o aparecimento poderia ser evitado se adotado escolhas alimentares certas.

“Alguns alimentos ajudam a proteger o corpo do câncer. Em contrapartida, outros podem aumentar o risco. É o caso de alimentos ultraprocessados, açucarados, com conservantes ou prazo de validade extenso, como os produtos vendidos em caixinha ou saquinho” alerta Lucas. Ele explica que adotar uma dieta rica em alimentos in natura ou minimamente processados, frutas, legumes, verduras, cereais integrais e leguminosas é o ideal para afastar o surgimento da doença. “Dar preferência para os alimentos da “terra”. Aquilo que plantamos e colhemos é saudável e a melhor opção sempre”, diz.

Como nenhum alimento é milagroso, o que são alcançados, ao procurar o acompanhamento de um profissional e transformar os hábitos em mais saudáveis, são a prevenção e auxílio no tratamento da enfermidade.

“O excesso de gordura corporal, principalmente em região abdominal, também é um fator que merece atenção dobrada. Essa condição altera os níveis hormonais e provoca um estado inflamatório que pode estimular a propagação celular e inibir a morte programada das células, o que aumenta o risco de ter câncer”, pontua Lucas. Para controlar este fator de risco, aliar a alimentação saudável à prática de atividade física regular é o indicado.

FONTE:http://www.segs.com.br/saude/110512-alimentacao-correta-ajuda-na-prevencao-do-cancer

 
 
 
Área Restrita: ADMIN | EMAIL | INOVA | PESQUISAS | ADMIN PESQUISAS | EPA